sábado, 25 de julho de 2009

Eu na cidade grande

Ontem e hoje estive pensando: Como as coisas mudam ou como as pessoas mudam ou como eu mudei...
Até algum tempo atrás eu pensava em voltar para São Paulo. Minha cidade, meu lugar. Onde nasci, onde estão meus amigos... Ontem chegando aqui eu pensei: Virei mesmo um bicho do mato.
Aquele monte de carros, mtos motoqueiros, o transito uma loucura e eu só conseguia pensar: Onde eu estava com a cabeça qdo sonhava em voltar pra esse lugar?
Eu quero mesmo é morar no interior, quero ter paz. Quero sair pra trabalhar e voltar pra casa rápido, sem perder tanto tempo no transito. Quero a vida simples...
Não gostaria de morar para sempre na cidade que moro atualmente, no sul de MG, mas definitivamente eu não quero voltar para São Paulo.
E cada vez menos eu me sinto próxima daqui.

Hoje fui ao shopping center... andei, andei, não comprei nada, mesmo precisando comprar alguma coisa... Me deu um pouco de baixo astral...
Comi num bom restaurante. Pintado ao molho de camarão... Mt bom... Me senti gente grande.

No fim do dia fui encontar outra amiga de infância. E agora estou aqui pensando nessa vida louca, enquanto minha amiga dorme e a chuva cai sem parar... E faz mtoooo frio... Quero meu cobertorzinhooooooooooo!!!! É só o que quero agora...

5 comentários:

Fernanda disse...

Nos realmente mudamos nossos gostos, nossas preferencias, e passar horas e horas em transito todos os dias nao deve ser nada legal! A cidade grande tem seus atrativos, mas tambem seus inconvenientes nao eh?

Elianne Goff disse...

Jane, eu tambem nasci, cresci e passei muitos anos vivendo em Sao Paulo, mas sempre gostei de ir visitar meus avos no interior de SP , Birigui, e sempre tive o sonho de morar em uma cidade pequena , vida simples mas com qualidade de vida .
Sonho realizado aqui onde moro no estado de Idaho , a populacao nao passa 17 mil, aqui e otimo e eu estou feliz !!!

Beijos,

Bia Mendonça disse...

Jane, eu concordo muitissimo com seu comentário no meu blog, mas o se dar conta que eu falei era mais pelo fato de ser muito acomodada e agora eu estou começando a mudar, não quero me acomodar com as coisas que eu não gosto. Se eu não de algo quero ser capaz e forte o suficiente. O termino do meu relacionamento, nao foi oq desencadeou as coisas, mas foi meio que o inicio das mudanças, pois onde eu tive que criar coragem pra jogar pra cima coisas que eu nao queria mais, mas estava acomodada com o tempo.


Eu, no geral, gosto de mudança. De gostos, de locais, de estilos... acho que a mudança, as vezes é assustadora, mas no final tudo fica bem, é só uma questão de adaptação. Talvez fosse muito chato seguir igualzinha a vida inteira, ser tão previsivel.

Bom final de semana!

bjs

Dri Viaro disse...

Estou de volta, mas ainda correndo, vim dizer boa noite, e logo voltarei pra ler melhor

bjs


este é um recado fake por favor não me mate

Dri Viaro disse...

Já estou de volta e o blog tb agora com as atualizações diárias, boa semana
bjs