sábado, 12 de setembro de 2009

Recordando a semana...

Duas coisinhas que eu lembrei agora.

- Quinta feira, a professora do 1º ano faltou e eu fiquei com a minha turma e a dela .
Detalhe: os alunos dela foram meus alunos no ano passado.
Demorei um pouquinho pra chegar na escola porque o ônibus atrasou. Quando entrei na sala, eles estavam todos sentados nas mesinhas. A sala cheia. Eu não aguentei. Abri um sorriso e disse:
- Que sala linda! Está parecendo um jardim, cheio de flores!
Eles sorriram e foram levantando um a um para me abraçar.

2º - Ontem a Heleny (minha aluna de 4 aninhos) me perguntou: - Tia quando eu for grande você ainda vai ser minha professora?
Eu pensei um pouco. Pensei que se o grande dela fosse com 10 anos, ainda havia a possibilidade de eu ser a professora... Então perguntei: - Grande de que tamanho?
Ela levantou-se ficou na ponta dos pés e levantou os braços.
Não ficando claro para mim, eu insisti: - Grande... assim do tamanho de quem?
Ela: - Da Daiane.
(Se referindo a prima de 15 anos.)
Aí eu entendi e pude responder: - É, desse tamanho, acho que não vou ser sua professora mais não, quando você for do tamanho da Daiane, você vai ter vários professores.
Ela fez um carinha de insatisfeita e apenas disse: - Ahhhhhhhhhh não...

7 comentários:

Fernanda disse...

Que carinho! Isso nao tem preco. Beijocas!

Elianne Goff disse...

Que fofa sua aluna , e tao bom esse amor verdadeiro das criancas com a gente , faz o dia e a profissao de professor valer a pena ,ne ?

bjs,

RITINHA disse...

Que coisa mais linda esse carinho dela!
Beijos!

Dri Viaro disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anne disse...

ahhh que bonitinha! ela te queria como professora por muito tempo rs =]
beijos!!

Eliane disse...

Nossa me emocionei ao ler, me diz isso não vale a pena? Gratificante demais!

Jane disse...

Eliane,
Eu tb fiquei emocionada qd percebi a preocupação dela.
São essas manisfestações sinceras que me motivam a continuar.
Boa sorte para nós nessa profissão tão dificil!