segunda-feira, 23 de novembro de 2009

O momento marcante do dia

Eu estou assim: De bem com a vida!
Que sensação maravilhosa de paz. E isso reflete incrivelmente no meu trabalho. Chego a pensar que os dias que as crianças estão mais difíceis de lidar é porque eu também estou...

Hoje eu cheguei com tanta saudade deles e já fui pedindo beijos e abraços (como se precisasse pedir) e recebendo a energia boa que os pequenos tem.

Logo que cheguei o meu aluninho Christian veio me abraçar e falou que atropelou um gato e ele morreu.
Eu disse: - Coitado do gato! Como foi isso?
E ele começou a chorar super sentido (esse garoto é muito sensível) e disse que sem ver passou com a bicicleta em cima da cabeça do gato, que ele era pequenininho e morreu...

Eu fiquei tão sensibilizada de ver a dor e a culpa que ele estava sentindo... Tratei de consolá-lo...


Isso foi só o começo... A tarde foi looooonga e boa.

Normalmente o momento que eu mais gosto é o da história.
Hoje eu comecei contar as histórias folclóricas de um livro que não lembro o nome agora, mas amanhã eu dou um jeitinho e coloco aqui.

São 9 histórias: 3 do folclore africano, 3 do europeu e 3 indígenas.

Hoje eles escolheram a história do lobisomem (folclore europeu).
Muito boa essa história! Até eu fiquei com medo!

24/11
Up date:
Hoje o Christian disse que o gatinho não morreu. Quando chegou da aula, ele estava vivo, só machucou o ombro! :)

2 comentários:

Fernanda disse...

Aw tadinho :( Ele eh lindinho!
Beijinhos!

Bia Mendonça disse...

Coitadinho...
Eu tb sou super sentida com animal sofrendo... uma vez passei com o carro em cima de um que já estava morto, e mesmo assim fiquei agoniada!
Sinto falta de histórias de folcore!

bjs