terça-feira, 28 de setembro de 2010

A escola do Chico Bolacha

Acordei com muita chuva e não parou de chover até agora...
Na escola do Chico Bolacha quando chove não tem aula porque a estrada vira barro, o ônibus não passa e os carros que tentam ir costumam ficar atolados... Sendo assim hoje a tarde eu não trabalho!!!
Já liguei pra manicure e adiantei meu horário (que é fixo as terças-feiras as 17h). Depois vou fazer uma lista de acordo com as orientações da nutriocionista e vou ao supermercado!
Ainda quero visitar o Felipe, se for possível ir a academia e passar na casa da Rafa pra pegar umas dicas e material para o concurso (ela passou no último concurso da Ufla para o mesmo cargo que eu vou concorrer agora).
Preciso de uma capa de chuva urgente também!!!
Eu só lembro disso quando está chovendo e eu tenho que sair de moto.

3 comentários:

Fernanda disse...

Bem que eu queria que o hospital fosse do Chico Bolacha, mas faca chuva, faca sol, faca neve ou tornado, quem tem que parir tem que parir neh? hahaha
Beijo!

Geraldo Lima disse...

Oi, Jane... Tudo bem? Espero que sim... Olha, através desse seu post, fiquei conhecendo o espaço que traz textos da Cecília Meireles... Como era de se esperar, um site de extremo bom gosto... Obrigado por partilhar coisas tão lindas com seus leitores. Abraço sincero...

Jane disse...

Fer,
Amiga to aqui rindo e imaginando o hospital do Chico Bolacha, assim uma coisa bem rural e ia ter parteira, viu?

Geraldo,
Eu gosto muito da Cecília Mereiles.
Bem legal esse espaço que eu coloquei o link né?
Essa poesia da Chácara do Chico Bolacha é uma das que eu decorei na infância e sempre me lembro... Assim com aquele gostinho de infância...
Aí eu cresci e acabei indo trabalhar numa escola localizada na zona rural e toda vez que chove e não vamos trabalhar eu me lembro da Chácara do Chico Bolacha, rss.

Obrigada pela visita, você é bem vindo aqui.