sábado, 4 de setembro de 2010

A reforma da natureza

Todos os dias antes de começar a aula, eu costumo ler uma história para meus alunos. Isso acalma eles, faz-nos viajar, e incentiva a leitura também.
Essa semana eu terminei de ler A reforma da natureza. Eu adoro contar histórias e adorei esse livro.
Li um capítulo por dia e todo dia quando terminava os alunos queriam mais e eu mesma ficava curioso, com vontade de ler o próximo capítulo.
O livro escrito por Monteiro Lobato, foi publicado em 1939.
A história começa quando Dona Benta, Tia Nastácia e o Visconde de Sabugosa são convidados pelos chefes da Europa para participar da Conferência da Paz de 1945, como representantes da Humanidade e do Bom Senso. Desta forma, a pequena "República do Sítio do Picapau Amarelo" poderá ensinar à humanidade o segredo de bem governar os povos. Pedrinho e Narizinho vão junto, mas Emília não quis ir.
Durante a leitura os alunos tiveram a oportunidade de conhecer conceitos como Democracia, Ditadura, Monarquia. Saber um pouco sobre as idéias e ideais de Hitler e Stalin. Refletir sobre a guerra e sobre o que é necessário para haver paz entre os povos.
A cada capítulo, mais fantasia com a idéias de Emília, que na verdade não quis a ir conferencia porque estava encucada com a reforma da natureza. Com a ajuda de Rã, sua amiga do Rio de Janeiro, ela criou o passarinho-ninho; o livro comestível; o porco magro (testado no Rabicó); o sei-lá-que-animal-é-esse (testado no Quindim); o bule que apita; usaram as forças centrífuga e centrípeta para manipular a cadeira de balanço de Dona Benta e a cama de Narizinho; colocaram as abóboras na jabuticabeira e as jaboticabas no pé de abóbora; o pernilongo cantor; a gaiola de cabelo; as pulgas moles e paradas no meio do ar; moscas sem asas; a reforma na vaca mocha; reforma na personalidade das borboletas azuis...
A segunda parte do livro começa quando Dona Benta volta da Europa, e Emília perde quase tudo de sua reforma. Mas, com a ajuda de Visconde, fez sua re-reforma da natureza: fez enxertos in anima vile ("em animais vagabundos"), em formiga, grilo, minhoca, pulga e centopéia. Graças a isso, e uma ajuda das aulas sobre glândulas (as glândulas tireóide e pituitária), fizeram insetos gigantes, pulga que pulava à 220 metros de altura, e a "noventaequatropéia" (centopéia de noventa e quatro pernas), e minhoca de seis pernas, e muito mais coisas.
A segunda parte da Reforma da Natureza, muitas vezes é encontrada num livro chamado o espanto das gentes, o livro comum só contem na maioria das vezes a primeira parte. O livro foi lançado pela ed globo em 2008 com as duas partes e custa em torno de 20,00 reais. Indicado para crianças entre 6 a 12 anos. Mas a marmanjona aqui adora essas histórias.
Nós temos esse livro na escola e outros muito legais que eu me delicio contanto para as crianças.

Voltando no ínicio da história, quando a Emília manda a carta convidando a amiga Rã para ir ao Sítio ajudar na reforma... Adivinhem como a Rã vai parar no Sítio?
Cheirando um pouquinho do pó mágico, é claro...
Eu sei que o pó mágico é o artíficio usado para transportar as pessoas de um lugar a outro nas histórias do Monteiro Lobato. Mas eu sempre que leio, fico encucada com o tal pó.
Eu acho o Monteiro Lobato inteligentíssimo e usa as histórias "infantis" pra fazer muitas críticas sociais. Ele tinha uma imaginação incrível pra criar histórias como essa da Reforma da Natureza. Não é a toa que o dia do seu nascimento foi declarado dia nacional do Livro Infantil. As coisas que ele pensa através da Emília, boneca de pano que virou gentinha, são demais e, cá entre nós, eu fico aqui pensando se ele não usava o tal pó de pirlimpimpim ou alguma outra coisa pra aguçar sua imaginação. Não que eu ache que uma pessoa não consiga viajar e imaginar sem a ajuda de drogas, mas eu só penso isso pelo fato dele citar o tal pó nas histórias...
Será o pó de pirlimpimpim o que eu penso que é?

3 comentários:

Bia disse...

Oi Jane!

Eu tb acho que esse pó deve ser algo mais... hahaha!!
Eu nunca li muito monteiro lobato, mas acho legal essa idéia de um capitulo por dia para as crianças, ajuda a interessa-las na leitura. :)

bjs

Anônimo disse...

This is very fine web site, thank you and look at that [url=http;//ciufcia.pl]gry dla dzieci[/url]

Anônimo disse...

Good point, though sometimes it's hard to arrive to definite conclusions